SOBRE O PROJETO

Em lugar de retratar nossos amigos, filhos ou conhecidos com deficiência em suas rotinas de superação, escolhemos capacitá-los para expor ao público o próprio olhar.

Eles terão a chance de ser fotógrafos, modelos, editores e programadores de suas próprias imagens e de seu jeito de ver o mundo.

Assim, neste ano de 2019, o projeto Foto Inclusão começa com um curso livre de qualificação de jovens (a partir de 18 anos), com ou sem deficiência.

O curso dura 6 meses com uma aula semanal, às quartas feiras, de 9 às 11 horas, no espaço Inclusione, em Campinas, São Paulo (rua Maestro Hugo Bratfish, 31, próximo ao balão do Tavares).

Na última semana de cada mês a aula é externa, com a colaboração de fotógrafos profissionais de diversos campos de atuação.

O primeiro curso inicia no dia 13 de fevereiro e ocorre durante os meses de fevereiro, março, abril, maio, junho e agosto de 2019.

O professor-orientador é o fotógrafo Ricardo Lima com apoio da terapeuta ocupacional Raquel Ortega, da Clínica de Arte e Cultura Inclusione. Os fotógrafos e os parceiros convidados serão anunciados ao longo do ano.

Ao final do curso serão anunciados produtos planejados e executados pelos jovens participantes, que também receberão um certificado de conclusão, com direito a uma bela festa de formatura.